Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

[in]Sensato

Momentos de reflexão, opinião e entretenimento, no deambular entre pólos

[in]Sensato

Momentos de reflexão, opinião e entretenimento, no deambular entre pólos

Suburra - A Série

Suburra

 

 

    No catálogo da Netflix, desde outubro de 2017, só agora debrucei-me nesta 1.ª produção da plataforma de streaming em Itália, com o apoio da RAI Fiction. Indicada para maiores de 13 anos, os momentos de ação e tensão são uma constante. Todos os personagens são maus e corruptos, há exceção do pai de uma das personagens principais cujo destino se adivinha...

 

    Como sinopse, temos: uma pequena cidade no litoral de Itália que se torna a capital dos casinos e centro do campo de batalha do clã da cidade, da máfia e de políticos facilmente corruptíveis.Como condimento, personagens do Vaticano "apimentam" a trama.

    A linguagem utilizada corresponde à corrente, com algumas expressões que me "chocaram", dado o meu baixo nível racista. "Sua p#t@ negra", "macaca", entre outras dirigidas a uma rapariga de raça negra. Por outro lado, a linguagem dirigida à comunidade cigana, também esta trivial no nosso país. 

 

    A forma como terminou a temporada deixa em aberto a grande probabilidade de uma 2.ª temporada. 

 

    Esta série é baseada num livro, sendo que um dos autores, Carlo Bonini, participou como argumentista.

 

Romance Suburra

 

    Desta produção, além de novos atores, encontramos estrelas da ficção italiana, como  Alessandro BorghiFrancesco AcquaroliPietro Ragusa

 

Elenco de Suburra

 

    O argumento, a luz, as interpretações e a fotografia, são cativantes, como pode conferir no trailer.

 Qual é a sua opinião acerca desta série?

14 comentários

Comentar post