Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

[in]Sensato

Momentos de reflexão, opinião e entretenimento, ao deambular entre dois polos

[in]Sensato

Momentos de reflexão, opinião e entretenimento, ao deambular entre dois polos

Em Banda Larga, os destaques do Sapo Blogs contra os professores

domino-665547_1920

 

 

 

 

   Há muito registei o meu descontentamento para com o sistema de destaques da equipa Sapo Blogs, como pode ler aqui. Desde então, deixei de obter resposta a qualquer correio eletrónico que lhes enviei, desde o endereço deste blogue ou do pessoal. Também alguns elementos que comentavam no Insensato, antes do sucedido, parte integrante dos bloguistas preferidos da equipa, deixaram de o fazer. Mas estes não importam. Recorri ao Portal da Queixa, como pode verificar. Também qualquer tentativa de interação com o P.N., aquele que normalmente dá "a cara" pela equipa citada, não surtiu qualquer efeito. Procurei fazê-lo no blogue da Maria Araújo, nos comentários de uma das suas publicações, como pode verificar de seguida.

 

A não resposta do PN

 

 

   A promoção de publicações contra os professores, com falta de argumentação e evidências, levadas a cabo por um dos autores do blogue Banda Larga continuam a merecer destaque na página inicial do portal de todos os portugueses, o Sapo. A equipa Sapo Blogs continua a revelar falta de democracia, sem destacar artigos que apresentem outros pontos de vista em relação a um mesmo assunto, sobretudo em questões que impliquem o corpo docente. A aversão aos professores parece evidente.

 

   Destaco os posts, As Baixas Fraudulentas dos Professores e A Factura dos Professores não é Sustentável, ambos de Luís Moreira. É certo que nada escrevi a este respeito. No início de um ano letivo, com tanta legislação e medidas a aplicar, não sobra tempo para alimentar histerismos gerados pelo vazio noticioso em redor dos nossos media. Se as baixas são ou foram fraudulentas, o que impediu/impede de as denunciarem? Também os médicos, outra classe pouco amada pela nossa sociedade, são corruptos? É difícil entender que numa classe envelhecida, o número de situações de doença é maior, como consequência, inclusive, de um processo natural? Relativamente à questão da "fatura" dos professores, já me pronunciei num artigo anterior. Tenho 21 anos de serviço e não 11, lutei por uma boa média de curso, fui além da licenciatura, lecionei em Escolas, na altura, abnegadas por muitos, dadas as condições climatéricas das regiões. Pouco me importa a "retificação" dos vencimentos. Quero o tempo real de serviço e nada mais. Mas esta é a minha opinião, não a de outros colegas que tenho de respeitar. 

 

   Entretanto, é impossível não manifestar o meu crescente repúdio junto desta equipa, aquela que devia e podia alimentar a maior comunidade de blogues em língua portuguesa. Continuarei a lutar por justiça. 

 

SAPO BLOGS respeito pelos professores by PP

 

 

 

28 comentários

Comentar post