Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

[in]Sensato

Momentos de reflexão, opinião, crítica e entretenimento

[in]Sensato

Momentos de reflexão, opinião, crítica e entretenimento

O Resto da Tua Vida - a descoberta

Abril 09, 2019

P. P.

    Não fui fã de Morangos com Açúcar.

De perto, convivi com o fascínio pela incursão numa carreira artística, o deslumbramento e as hostilidades. Alunos e pais que não souberam dissociar as vidas reais desta trama televisiva. Se o desempenho de um ator carece muito treino, altos e baixos, noção de uma realidade fugaz; a sorte também está presente. Assim como, todo um processo de teias e tramas que levam ao esquecimento de uns e à ascensão de outros, independentemente da qualidade.

Doutores e Palhaços

Abril 08, 2019

P. P.

Doutores e Palhaços

 

     Ontem, no Filmin Portugal, decidi ver Doutores e Palhaços. O trailer encontra-se aqui

Recordei o N. , entre 2002-2006. Uma leucemia atroz num menino ainda tão pequenino. Uma imagem que dói e que nos faz questionar tantos princípios.

  Um dia, enquanto apoiava um aluno que começava a mergulhar no mundo das toxicodependências, deparei-me com o N. fechado num átrio, sem qualquer adulto ou colega. Ele a ardia de febre. Após o toque e algumas palavras, não pude evitar a lágrima que queimou-me o rosto...

 

A Cor

Abril 06, 2019

P. P.

20190313_155218 - Arquivo pessoal do PP

Fotografia do meu aquivo pessoal

 

            Naquela tarde, fui recebido por uma ovação, por parte dos mais pequenos. A esta, juntou-se um conjunto de atributos que me deixaram envergonhado, logo após a primeira intervenção:

– Fogo, eu sempre disse, o professor PP é mesmo simpático! – exclamou o rapaz, que acredito venha a ser um dos rostos da moda portuguesa. Que a vida lhe mostre os caminhos de luz.

– O mais bonito! – fez-se ouvir.

Simultaneamente, “O que tem mais estilo”, “O mais engraçado”, … Na verdade, além de corado, já não conseguia aceitar, se assim se pode dizer, tantos atributos, perante tantos daqueles que reconheço como defeitos meus. Por outro lado, o percurso profissional ensinou-me a duvidar de algumas palavras, embora o público-alvo, até há cerca de 5 anos, fosse mais velho.

            A aula decorreu com normalidade. Até que, o “Miúdo do Sorriso Bonito”, tal como o costumo chamar, ao pintar o seu desenho, chamou-me. Faltava-lhe uma parte para concluir a tarefa.

– Professor V., qual é a sua cor preferida?

– Azul. Bem, também gosto de verde, como representação da natureza. Enfim, cores da natureza. – respondi, confuso, assim como sou perante o que é simples para a maioria. Ele agradeceu e pegou no lápis de cor. Logo começou a pintar de azul o que faltava, esboçando outro “Sorriso Bonito”.

As Amêndoas do Tomás

Abril 05, 2019

P. P.

flowers-4098750_1920

 

            Na Escola, todos os alunos receberam um pacote de amêndoas.

Como é delicioso ver o encanto dos mais pequenos, quase pré-adolescentes, perante tal mimo, irrisório para muitos, de encantamento para quase todos.

            Ao constatar que os professores não receberam tal carinho, o Tomás disse-me, olhando para o pacote que lhe foi entregue:

– Não, não. Este é para os dois! Toma. - disse, arrastando a embalagem para junto de mim.

            Como ficar indiferente perante gesto tão nobre, cada vez menos evidente nas nossas crianças?

Uma Opinião: A Série After Life

Abril 02, 2019

P. P.

After Life

     Um parecer intimista e pessoal

 

    After Life é uma série de humor negro, em 6 episódios, de 30 minutos cada. Como produtor e ator principal, o inglês Ricky Gervais.

    Nesta série recorre-se ao humor (negro), por forma a abordar temas sérios e pertinentes. Em primeiro lugar, o luto e a forma como podemos encará-lo. Pessoalmente, tive dificuldade em assistir ao 1.º episódio, dado remeter-me para o período de quatro meses após a morte do meu pai, vítima de mieloma múltiplo.
   No argumento, a personagem principal acabou de perder a mulher da sua vida para o cancro. Segue-se a outra etapa, associada ao luto, ao meu luto de então: a depressão e/ou o burnout. Todos os momentos humorísticos que abarcam os momentos desde a falta de paciência até à impulsividade, orlados pelo vocabulário e gestos questionáveis, foram, no meu caso, uma realidade difícil de ultrapassar e de forte penumbra/culpabilidade. Só que o argumentista não se ficou por aqui, ao mostrar um lado menos bom, no perfil da personalidade do psicanalista, com o que também me deparei, durante alguns episódios do meu destino. Na verdade, estes profissionais são humanos, e como tal, erram. Manter o profissionalismo sem deixar que alguns dos seus defeitos transpareçam, parece-me muito difícil.
    Na continuidade desta história, o amor abriu novos horizontes.
Já na minha…

    Os 6 episódios são preenchidos por personagens com as quais nos podemos identificar, não obedecendo a critérios estéticos dúbios.

De sinalizar que o luto é vivido (e deve ser levado a cabo) de maneira diferente, de pessoa para pessoa.  

Mais sobre mim

Direitos

Ainda que procure uma utilização cautelosa e não abusiva de textos, imagens e sonoridades, poderá haver lugar à utilização indevida de obras objeto de direitos de autor. Contudo, apesar do recurso às hiperligações de origem, sempre que a legislação o implique ou seja devidamente informado, de imediato procederei a reajustes. Os textos e fotografias sem referência bibliográfica são da minha autoria.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D