Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

[in]Sensato

Momentos [in] sensatos de reflexão, opinião e entretenimento

Pouco mais do que Olá

20171017_desvirtuado como a minha alma by PP

 

   A madrugada desta segunda foi assustadora. Fogo por tudo quanto era lado, numa povoação que, a certa altura, se viu sem eletricidade e sem água. Disto falarei quando finalmente tiver internet.

 

   Neste triste fado, entre chamas que se propagavam ao sabor do vento, e inusitados sons de algo que rebentava, em muitos pontos do país, os heróis foram o povo que lutou com bravura desmedida, independentemente da idade, classe social e tantos outros estigamas, sem apoio dos parcos meios dos Soldados da Paz, em número insuficiente para uma guerra desigual.

 

 

  Passadas 19h do pior dos cenários, por aqui, a eletricidade ainda falha, a rede e a internet móvel funcionam mal, não há sinal da linha do telefone nem da internet fixa.

Muito mais há de importante do que tais futilidades. O que antes era verde e azul, agora é azul e preto. Um azul fugaz já que o leito dos rios é pequeno.

 

   Além do meu abraço, deixo-vos o meu olhar às 19h de hoje.

Espero poder regressar em breve. 

 

   Entretanto, é tempo de acomodação e despedida. Despedida não só daqueles monumentos que fizeram parte da nossa história, assim como dos rostos que foram vencidos pelas chamas de um Inferno de Dante.

Insensato.jpg

Escolho o Centro de Portugal

   Escolho o Centro de Portugal é um filme destinado a promover o turismo no Centro do nosso país. Uma região do país tantas vezes esquecida e com tanto para descobrir aos níveis geomorfológico, termal, histórico e cultural. Entre outros, desta região fazem parte o centro histórico de Viseu, os vinhos, o Mosteiro da Batalha, os amores e saberes de Coimbra, a botânica e a história da Serra do Buçaco, a petrologia das Serras do Caramulo e da Estrela; esta última repleta de pormenores das diferentes áreas do saber, culturas, saberes e pormenores gastronómicos ímpares. Não podemos esquecer as poderosas fontes de geotermalismo, nem sempre devidamente exploradas e promovidas. Uma região única, tantas vezes abdicada pelos próprios habitantes viciados no turismo de massas, em que todos os caminhos do país levam-nos ao Algarve. São esquecidos lugares fabulosos da nossa costa, como Aveiro e Nazaré.

 

 

   Escolho o Centro de Portugal foi dedicado às vítimas do grande incêndio que deflagrou a 17 de junho deste ano, em Pedrógão Grande, que provocou 64 mortos e mais de 200 feridos. A obra foi distinguida no 50º Festival Internacional de Filme e Vídeo, que se realizou em Los Angeles.

 

Insensato.jpg