Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

[in]Sensato

Momentos de reflexão, opinião, crítica e entretenimento

02
Abr19

Uma Opinião: A Série After Life

por P. P.

After Life

     Um parecer intimista e pessoal

 

    After Life é uma série de humor negro, em 6 episódios, de 30 minutos cada. Como produtor e ator principal, o inglês Ricky Gervais.

    Nesta série recorre-se ao humor (negro), por forma a abordar temas sérios e pertinentes. Em primeiro lugar, o luto e a forma como podemos encará-lo. Pessoalmente, tive dificuldade em assistir ao 1.º episódio, dado remeter-me para o período de quatro meses após a morte do meu pai, vítima de mieloma múltiplo.
   No argumento, a personagem principal acabou de perder a mulher da sua vida para o cancro. Segue-se a outra etapa, associada ao luto, ao meu luto de então: a depressão e/ou o burnout. Todos os momentos humorísticos que abarcam os momentos desde a falta de paciência até à impulsividade, orlados pelo vocabulário e gestos questionáveis, foram, no meu caso, uma realidade difícil de ultrapassar e de forte penumbra/culpabilidade. Só que o argumentista não se ficou por aqui, ao mostrar um lado menos bom, no perfil da personalidade do psicanalista, com o que também me deparei, durante alguns episódios do meu destino. Na verdade, estes profissionais são humanos, e como tal, erram. Manter o profissionalismo sem deixar que alguns dos seus defeitos transpareçam, parece-me muito difícil.
    Na continuidade desta história, o amor abriu novos horizontes.
Já na minha…

    Os 6 episódios são preenchidos por personagens com as quais nos podemos identificar, não obedecendo a critérios estéticos dúbios.

De sinalizar que o luto é vivido (e deve ser levado a cabo) de maneira diferente, de pessoa para pessoa.  

31
Mar19

Sedução

por P. P.

IMG_20190320_092017_453 by PP

 

    A vida, uma nova vida.

No exercício da sedução são aspetos inibidores, os fatores ambientais, ainda abnegados por muitos, destroçados pela poluição, as políticas e as medidas preventivas. Por aí, gotas de sangue ditadas pela ignorância ou ganância de muitos...

 

29
Mar19

Quando barbudo, uma Presença de Luxo

por P. P.

PP em tempos de barba

 

    Infelizmente, como já referi, em artigos anteriores, vivo numa cidade do centro norte do país, sem vitalidade, de parcos recursos, em diferentes contextos. Como tal, muitas vezes recorro às lojas de vendas online

 

    No ano passado, após os incêndios que nortearam a região, cobrindo-a por um manto escuro, procurei mudar algo no meu exterior, já que o meu interior parecia imutável. Como tal, pela primeira vez, usei barba. Simultaneamente, adquiri alguns dos produtos essenciais, e mais tarde outros, cuja importância desconhecia. Na Presença de Luxo, comprei alguns elementos que me fizeram viajar no tempo, tais como, a taça de barbear e o pincel, peças que ainda hoje, já sem barba, utilizo. Entretanto, não esquecer um essencial, nem sempre fácil de encontrar, a barra homeostática.

 

    De referir que esta loja disponibiliza artigos profissionais. Como desvantagem, os portes. Porém, são gratuitos, numa compra, a partir de €60.

 

"Erros meus/ Má fortuna"

Uma alteração de "estilo" ajuda a ultrapassar momentos menos bons?

25
Mar19

Hoje ouvi a tua voz

por P. P.

Hoje, ouvi a tua voz

Frágil e ternurenta

Num grito de luta e resistência.

 

Hoje ouvi a tua voz

Num momento tácito

Acompanhado pela saudade.

 

Hoje ouvi a tua voz

num eco eterno

Como naquele último abraço.

 

Hoje ouvi a tua voz

No deambular daquela lágrima quente

Tamanho é o rio dolente.

 

Hoje ouvi a tua voz

Em sofrimento

Assim como o vento

Naquele adeus sem tento.

 

Hoje ouvi a tua voz

Aquela que há três meses

de forma atroz

evaporou e

Não mais voltou.

 

Hoje ouvi a tua voz

Doce e sem nós

No mistério do nosso olá

Avó.

 

IMG_20190315_193535_065 by PP

 

Texto e fotografia por PP, no dia 23 de março de 2019

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Sussure-nos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Direitos

Ainda que procure uma utilização cautelosa e não abusiva de textos, imagens e sonoridades, poderá haver lugar à utilização indevida de obras objeto de direitos de autor. Contudo, apesar do recurso às hiperligações de origem, sempre que a legislação o implique ou seja devidamente informado, de imediato procederei a reajustes. Os textos e fotografias sem referência bibliográfica são da minha autoria.

Wook