Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

[in]Sensato

Momentos de reflexão, opinião e entretenimento, ao deambular entre dois polos

[in]Sensato

Momentos de reflexão, opinião e entretenimento, ao deambular entre dois polos

60 anos de Madonna em música

 

Madonna split

 

 

   A deusa da POP, infelizmente, não escapou ao tempo. Porém, para nosso jubilo, mantém-se viva e recomenda-se, o que já não acontece com o deus deste estilo musical.

Ainda recordo quando cada novo êxito da artista fazia-me vibrar. E a todos os vidros existentes por casa.

Sempre provocante, à frente dos tempos e sem preconceitos. Para não frisar os tão conhecidos Live to Tell ou Like a Virgin, destaco Open your Heart, cujo videoclipe foi dirigido por Jean-Baptiste Mondino.

 

 

Ainda na senda dos temas menos conhecidos e que tanto tocaram a minha alma, um videoclipe pouco divulgado e cujo original é difícil encontrar, com algumas batidas "idênticas" a La Isla Bonita, Spanish Eyes.

 

 

 Para quem sabe o que são os conflitos com a imagem paternal, e com a direção de David Flinch, Oh FatherÉ também o momento de recordar o velhinho Papa Don't Preach.

 

 

 

   Na idade de questionar a religião, e uma vez que os santos são construídos à imagem de uma figura humana, nada como Like a Prayer. Naqueles tempos, o meu padrinho tinha pedido a um escultor que fizesse uma santa para a capela da quinta. A obra inicial foi rejeitada, uma vez que o rosto da santa era... o da esposa do artista. Pode um "santo" adquirir vida, no desejo de uma oração? É pecado, dizem. Até o Padre devorava algumas senhoras de bem, tão bem casadas.

Dura adolescência!

 

 

Dando um salto no meu percurso, já no ensino superior as memórias de um passado perdido, This Used to be my Playgroud.

 

 

Tempos da lágrima dolente, que queima enquanto esboça o seu percurso, no rosto de quem o perdeu. You'll See!

 

Só a chuva é capaz de lavar uma alma que sofre em silêncio, sem poder libertar-se das amarras de uma sociedade dúbia. Tempos de Rain. E no desejo, Justify my Love

As minhas noites, longe de...

 

 

 

Primeiro ano de serviço, primeiras perdas familiares.

A irreverência do "não". Afinal, trata-se de Frozen

 

 

Dos seus mais belos temas e pouco conhecido, à semelhança do meu coração de então e dos sentires que se seguiram, Gone.

 

 A verdade não deve advir neste meu/teu Substitute for Love.

 

 

Se há um "sonho americano" conheçamos American Life.

 

 

Esta lista podia continuar. Infelizmente, muitos dos tele-discos aqui deixados desaparecerão, dadas as diretrizes do YouTube, muitas das quais nunca entendi.

Happy B Day, Madonna.

Para refletirmos no nosso quotidiano,  Ray of Life.

 

 

É tempo de pensar no amor...

 

A ler Madonna at 60: A colourful career in pictures

 

FB_IMG_15345029484064109.jpg

 

 

24 comentários

Comentar post