Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

[In]sensato

O (in)correto deambula entre nós...

[In]sensato

O (in)correto deambula entre nós...

Por falar de Sarampo

 

Sarampo DGS

 

 

   A vacinação, de acordo com o Programa Nacional de Vacinação, é a principal medida de prevenção, é gratuita e está disponível para todas as pessoas presentes em Portugal.

   O sarampo é uma das doenças infeciosas mais contagiosas podendo provocar doença grave, principalmente em pessoas não vacinadas.

 

 

 

 

Neste sentido a Direção-Geral da Saúde informa:

 

  • O vírus do sarampo é transmitido por contacto direto com as gotículas infeciosas ou por propagação no ar quando a pessoa infetada tosse ou espirra. Os doentes são considerados contagiosos desde 4 dias antes 4 dias depois do aparecimento da erupção cutânea;

 

  • Os sintomas de sarampo aparecem geralmente entre 10 a 12 dias depois da pessoa ser infetada e começam habitualmente com febre, erupção cutânea (progride da cabeça para o tronco e para as extremidades inferiores), tosse, conjuntivite e corrimento nasal.

 

   As pessoas que já tiveram sarampo estão imunizadas e não voltarão a ter a doença.

Em pessoas vacinadas a doença pode, eventualmente, surgir com um quadro clínico mais ligeiro e menos contagioso.

 

 

Recomenda-se que:

  1. verifique o seu boletim de vacinas; se necessário vacine-se e vacine os seus;
  2. se esteve em contacto com um caso suspeito de sarampo e tem dúvidas ligue para o SNS24 - 808 24 24 24
  3. se tem sintomas sugestivos de sarampo evite o contacto com outros e ligue para o SNS 24 - 808 24 24 24 .

 

Artigo elaborado de acordo com as diretrizes da DGS emanadas às Escolas

15 comentários

Comentar post