Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

[In]sensato

O (in)correto deambula entre nós...

[In]sensato

O (in)correto deambula entre nós...

Desafio 52 Semanas - Os meus brinquedos preferidos na infância

   Não fui uma criança com excesso de brinquedos, uma vez que os meus pais sempre recearam tornar-me mimado (pode ler-se também "fútil") nem pretenderam que divergisse dos meus colegas de escola. Admito, nunca ter sido muito exigente. Sempre soube brincar sozinho e criar os meus brinquedos. Eis uma criança na segunda metade da década de 70 e primeira da de 80.

 

Semana 11 - Brinquedos preferidos na infância

 

Desafio 52 semanas by Fátima Bento

 Caixas de fósforos

   Com estas construía comboios, nos quais transportava, em grandes aventuras, as minhas personagens de Os Marretas. Já com os fósforos fazia diferentes figuras, como a humana. Enquanto isto, a minha mãe preparava as refeições.

 

fire-684014_1920

 

Caixas de ovos

   Estas eram as minhas principais naves espaciais.

Pelo Universo, os meus bonecos viajavam entre aventuras sem par.

 

egg-carton-941744_1920

 

A minha árvore de Natal, decorada da forma inusitada

 

Normalmente, recheada de utensílios de cozinha já não utilizados.

 

holiday-1282996_1920

Solo

A "terra" servia para fazer deliciosos bolinhos.

 

karen-maes-310484-unsplash

Photo by Karen Maes on Unsplash

 

Árvores

Os meus palcos de teatro e do festival da canção.

 

pine-tree-3135621_1920.jpg

 

Penedos

Locais de escalada, palcos de teatro e canto e a fonte de inúmeras quedas e cabeça partida.

 

rock-540129_1920

 

Passeios de carroça com os avós

Como era bom quando saltava e... trincava a língua.

 

clark-young-135152-unsplash

Photo by Clark Young on Unsplash

 

Brincar na e com a Natureza

A fonte dos meus devaneios: as poças de água, os riachos, os pássaros, as ervas verdes, as flores, ...

 

carolina-sanchez-b-83117-unsplash

Photo by Carolina Sanchez B on Unsplash

 

Bonecos

As personagens das minhas encenações e recontos.

 

doll-3227004_1920

 

Rádio

A fonte das minhas inspirações musicais e de tantos desentendimentos com o meu pai, quando estes avariavam.

 

alberto-bobbera-521660-unsplash

 Photo by Alberto Bobbera on Unsplash

 

Televisão

Com a qual, acompanhado pela minha mãe, aprendi que os escravos eram vítimas, que não devemos ser maus, que existem princípios (tudo isto ao nível de grandes novelas de então) e onde vi as melhores séries de animação. É verdade que tive este aparelho no meu quarto, pelos 6 anos, mas apenas lhe tocava com autorização.

 

tina-rataj-berard-168378-unsplash

  Photo by Tina Rataj-Berard on Unsplash

 

Livros de histórias infantis, revistas, banda desenhada

Desde cedo quis aprender a ler. Mas o importante foram os ensinamentos que adquiri.

 

 

E tantos outros.

Frascos de vidro e latas eram utilizados como instrumentos musicais. Riscar, a esferográficas, as portas de casa, uma diversão e o meu gato de plástico... aquele que a minha mãe deitou fora, uma vez que ainda brincava com ele aos 7 anos, receando que, já crescido ainda fosse o meu brinquedo de eleição. É que ele tomava banho, vestia roupas, voava, dormia...Só não posso contar as maldades que fiz, até aos 5 anos, às crias das gatas da minha avó, apenas para ouvir "miauuuu".

 

 

E vocês, quais foram os vossos principais brinquedos?

É preferível a criança construir os seus brinquados e dar asas à imaginação ou ser alimentada pelo consumismo?

 

   Neste desafio participam, para além de mim, por ordem alfabética, a 3ª face, a Ana, a Catarina, o Carlos, a Carlota, a Charneca em Flor, a Daniela, a Desarrumada, a Fátima, a Gorduchita,  Happy, a Hipster Chic, a Isabel, a Mãe A, a Mariana, a Maria Mocha, a Marquesa de Marvila, a Mimi, a Paula, a Sweetener, a Sofia  e o Triptofano .

 

   Verifique o que cada um de nós vai respondendo ao longo do ano. Também pode seguir a tag  52 semanas!

10 comentários

Comentar post