Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

[In]sensato

O (in)correto deambula entre nós...

[In]sensato

O (in)correto deambula entre nós...

Cinema | Os Inocentes

 

Los Inocentes

 

 

 

 

   Não, não se trata do Silêncio dos Inocentes. Este é um filme que vi na semana passada, pensando que a principal temática girava em torno da escravatura...

 

   Los Inocentes é um filme argentino de 2015, disponibilizado na plataforma Netflix, dirigido por Mauricio Brunetti. Passado no século XIX, a escravatura ainda está presente. Um menino portador de deficiência motora é tratado de forma rígida e cruel pelo seu pai tirano. Um daqueles homens para quem os "negros eram uma praga" (frase do filme), "estando por tudo quanto é lado". Contudo, não se coíbe de procurar os prazeres da carne junto à escrava mais bonita de senzala. O irmão desta, melhor amigo do menino deficiente, acaba por encurtar o seu trajeto neste mundo, ao ser envergonhado pelo seu dono.

 

   Grávida, a escrava recusa-se a abortar. E aqui assistimos a todo o esplendor da igreja daqueles tempos, sua relação com as famílias ricas e eventuais beatas que matam.

 

 

   Nesta fase, já o filho do dono da fazenda e escravos tinha sido mandado estudar numa colégio distante. No entender do pai, nunca seria ninguém, além de um inválido inútil. Contudo, passados 15 anos, regressa à fazenda, com a sua noiva. Porém, não esperava reviver os abusos, constatar os abusos dos escravos e a existência de espíritos que pretendem levar avante os planos que um dia os levaram à morte. 

 

   Quando vi este filme, não me tinha apercebido que tratava-se de um filme de terror. A ação decorre com alguma lentidão, o que melhor permite entender os sentimentos das personagens. Os figurinos e cenários são pontos fortes, assim como a representação de muitos dos atores. Por vezes, a ação assusta. Ou assustou-me, talvez por acreditar em muito daquilo que pode ser fantasioso para muitos. Uma vez mais, a magia dos autores da América Latina, assiste-se numa obra cinematográfica. Este filme está avaliado com 5.2 no IMDb.

 

Veja o trailer.

 

  

10 comentários

Comentar post