Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Insensato

(In)correto com sentimento.

Insensato

(In)correto com sentimento.

Conceito, causas e tratamentos para a Amaxofobia

 

amaxophobia_by_aura_tabby-d31ltxq.png

 

 

   A amaxofobia é uma fobia que se traduz num medo inexplicável, à primeira vista, de conduzir veículos. As suas consequências são evidentes, atendendo à dependência e necessidade de transporte, para o local de trabalho e à parca rede de transportes públicos, sobretudo municipais, que se verifica no nosso país. Como na generalidade das doenças, tem graus, mas não os abordarei. Importa saber as causas e tratamento.

 

   Normalmente, a esta fobia estão associadas experiências negativas marcantes no passado, mas nem sempre é assim. Na sua origem constatamos a existência de um portador que pode:

 

- ter-se envolvido num acidente, ou testemunhado um grave;
- ter tido rigorosos instrutores de condução;
- ter tido uma experiência negativa grave durante a prática quotidiana;
- ver pais ansiosos e em pânico enquanto conduzem o carro;
- ter assistido a brigas de trânsito;
- ter stresse devido ao congestionamentos de trânsito
- ser propenso a ataques de ansiedade ou distúrbios nervosos, ou com deficiências renais;
- ouvir ou ler notícias sobre acidentes de trânsito graves ou ver filmes que os retratam;

- padecer de baixa autoestima.

 

Estas causas podem aparecer isoladas ou agrupadas entre si, de acordo com os casos. 

 

 

amaxophobia de Chloe Gasser

 

 

 

   Relativamente aos sintomas, estes podem abranger o domínio físico (agitação, tremores, boca seca, rápida frequência cardíaca, respiração superficial, dores no peito, náuseas, mãos suadas, etc.) e/ou emocional (recusa em conduzir por forma a evitar situações relacionadas com a condução, pânico, terror ou pavor extremo que sugem só do pensamento de conduzir. O indivíduo também sente.se isolado ou distante da realidade)

 

Ld1TX75Oek-

 

 

   Por forma a lutar contra esta fobia existem métodos adequados a cada pessoa. O que funciona para um, pode não funcionar para outro. Este medo inexplicável não é exclusivo de uma só pessoa. Como técnica comum há que enfrentar, devagar, o seu medo. Esta situação está relatada no vídeo. Outros métodos são:

 

- a hipnoterapia;
- numa situação confortável, ou próximo do carro, ou dentro dele, imaginar situações ideais, ter pensamentos positivos e visualizar-se calmo e tranquilo a conduzir;
- falar sobre os medos;

- ter aulas de condução específicas;
- aderir à terapia cognitivocomportamental.

 

 

 

Tem outras sugestões?

A sua partilha pode ser a chave que algúem procura.