Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

[in]Sensato

Momentos de reflexão, opinião e entretenimento, no deambular entre pólos

[in]Sensato

Momentos de reflexão, opinião e entretenimento, no deambular entre pólos

Malhação - Vidas Brasileiras

Elenco-juvenil-da-novela-malhacao-vidas-brasileiras

 

 

 

 

   Dos meus tempos de adolescente e jovem adulto faz parte a série brasileira Malhação. Por cá, chegou, em certo momento, a ser designada por New Wave

Este espaço de 30 minutos, ajudou-me a refletir em muitos momentos da minha vida e em comportamentos dos meus alunos. Da mesma forma, a acompanhar os tempos das gerações com as quais trabalhei. 

   O aparecimento da novela "juvenil" portuguesa Morangos com Açúcar reduziu a audiência de Malhação, que deixou de ser transmitida pela SIC. Dadas as alterações comportamentais a que assisti nos jovens, perante os efeitos de Morangos com Açúcar, nunca simpatizei com esta série.

 

   Atualmente, no canal Globo Portugal podemos acompanhar a 26.ª temporada de Malhação, com o subtítulo de Vidas Brasileiras. Um programa que proponho a alunos e pais. Atualmente, por exemplo, em análise o assédio sexual exercido por um professor numa adolescente e as perspetivas de ambos. Sim, o agressor tem uma perceção distorcida da realidade. Um momento para aprender a descodificar algumas reações e sinais nos nossos alunos/filhos. Esta série é baseada na telenovela 30 vies de Fabienne Larouche, indicada quatro vezes ao Emmy Internacional. Conta com Camila Morgado, Carmo Dalla Vecchia, Felipe Rocha, Daniel Rangel, Alice Milagres, Rayssa Bratillieri, Jeniffer Oliveira e Tom Karabachian nos papéis principais.

 

 

 

   Alguns dos temas abordados são: o desemprego, drogas, assédio, intolerância religiosa, machismo, homofobia, racismo, idealização do corpo e maternidade na adolescência.

 

 

Série O Mecanismo - um reflexo da realidade do nosso país?

O Mecanismo

 

   O Mecanismo é uma série brasileira, dirigida por José Padilha, aquele que assinou Tropa de Elite. Trata-se de uma coprodução Netflix baseada na obra Lava Jato: O juiz Sergio Moro e os bastidores da operação que abalou o Brasil de Vladimir Netto. Nos papéis principais, Selton Mello e Caroline Abras.

 

   Num formato que oscila numa mistura de documentário e drama, é-nos dado a conhecer todo o esquema de corrupção conducente à ainda atual Operação Lava-Jato, até 2014, sendo que esta ainda decorre. Isto leva-me a ponderar uma eventual 2.ª temporada. A realidade das situações e muitas das situações podem levar alguns espetadores a associarem esta "história" brasileira, ao que se tem verificado no nosso país.

 

   Pessoalmente, não fiquei seduzido pelo 1.º episódio e parte do 2.º. Ao ler críticas muito positivas por parte de ingleses e americanos decidi dar uma nova oportunidade a O Mecanismo. De facto, fiquei "acorrentado". Apenas a apontar o som durante os diálogos, uma vez que as personagens falam baixo e em algumas cenas sussurram. Tive dificuldade em entender muito do que era dito, ponderando colocar legendas em português ou inglês, opção não disponível, ou modificar o áudio para inglês. Nas cenas sem diálogos, o som e respetivos efeitos são bons. A apontar a iluminação, em tons quentes, dando maior beleza à série, sobretudo às cenas eróticas.

 

   A personagem interpretada por Selton Mello surge-nos com ar desgastado, cansado de lutar pela justiça e remar contra a maré, o que expressa no olhar e voz, enquanto interveniente ou narrador. A seu lado, uma polícia forte, personagem fictícia, que consegue posicionar-me, na pele de atriz Caroline Abras.

 

   No Brasil decorreram alguns movimentos liderados, inclusive, por antigos políticos, por forma a tentar boicotar o lançamento e/ou conteúdo desta série. Esta classe é mostrada tal como é, corrupta, fator semelhante a muitos episódios que se verificam (verificaram) no nosso país, em alguns contextos semelhantes.  

 

   O Mecanismo podia chamar-se A Teia. Um ciclo semelhante a muitos biológicos norteiam todo o esquema de corrupção, desde, por exemplo, o canalizador, até ao ministro mais conhecido. Não há lugar para as favelas ou quadros de miséria, atendendo às classes sociais envolvidas no escândalo.

 

   Conseguirão os nossos policiais desvendar todo O Mecanismo?

Não sofrerão represálias?

 

Veja o trailer.

 

 

Sugestão de leitura: artigo de O Observador